quarta-feira, 6 de junho de 2007

Sem fios

Vou estando cada vez mais, sem tempo no computador. Cada vez menos, passando pelos vossos blogues. Fazendo visitas muito mais rápidas e depois, quase sem poder abrir aquelas minhas páginas separadas nos favoritos, onde, igualmente costumo procurá-Lo.

Não devia fazer-me confusão alguma a mudança na maneira de encontrá-Lo; mas faz e já que se trata de um hábito. Faz-me e a maior. Não devia, e uma vez que Ele, de facto, está em todo o lugar. Quantas vezes não usamos o computador para trazer por imagem, a natureza para mais perto de nós e como forma de O sentirmos mais próximo?

A mudança de qualquer hábito transtorna-nos, ou, custa sempre um pouco, mas há que aceitar o desafio. Estranho desafio este que tomo, para voltar a lembrar-me de que o Senhor não está ligado a fios. Que É bem (e desde sempre) mais 'wireless'. Bem mais dentro do meu coração; naquele que passa por mim na rua, no hospital, no asilo, prisão; na fila de transito, no bulício da cidade, e, principalmente na Igreja.

Jesus-escondido no sacrário - sem fios.

Que Deus me acompanhe. Fiquem com Deus e até já, se Ele quiser.

2 comentários:

Cátia disse...

Linda,

É bem verdade que Ele está em todo lado... e por vezes esquecemos isso... Ele está smp connosco... que o possamos ver e transportar sempre.

Belo texto...
Um beijo

malu disse...

Obrigada Cátia. Vou tentar não ter mais saudades do computador (o meu blog, os vossos, comentários, etc., porque tenho!) que dEle.

Bjinho grande!