quinta-feira, 21 de junho de 2007

- É aqui… exactamente aqui… que Deus quer agora que eu esteja!

Li recentemente alguns relatos de pessoas que escaparam em Nova York aos atentados do 11 de Setembro por se terem atrasado por coisas banais…
Um dos casos descritos era o de um advogado que se irritou bastante porque o dono do café permitiu que outros clientes lhe passassem à frente… outro caso descrito era o de um gestor que apanhou demasiado trânsito e passou o tempo a lamentar a sua falta de sorte… outro caso era o de uma jovem mãe que se atrasou porque as crianças decidiram fizer birra logo pela manhã e ela demorou mais tempo que habitualmente a deixá-las no infantário.
Intrigante…Naquele dia, para aquelas pessoas, se tudo corresse bem, sem dificuldades ou problemas, estariam no emprego a horas e teriam provavelmente falecido... estariam no lugar errado na hora errada.
Fiquei a pensar! Por mais que me custe a missão que tenho a desempenhar… por maiores que sejam as dificuldades que tenho de enfrentar; onde eu estiver procurarei sempre assim pensar: - É aqui… exactamente aqui… que Deus quer agora que eu esteja!

3 comentários:

sonia farmaceutica disse...

Quantas vezes nos irritamos e desesperamos quando as coisas não correm conforme a nossa vontade! Será assim tão difícil aceitar que, por vezes, a vontade de Deus não é exactamente igual à nossa vontade? Estas histórias vêm confirmar uma frase que eu gosto de usar "o acaso é o nome de Deus quando não quer assinar". No dia 11 de Setembro esses acasos salvaram a vida dessas pessoas. É impossível não ver aqui a mão de Deus

malu disse...

Bem visto. Dá o que pensar e que em tudo, precisamos ver a mão de Deus. Deixá-Lo agir e confiar. Bom lema que tomo para mim :)

Maria - Portugal disse...

Mas creio que a vontade de Deus não será salvar a vida a uns ,deixando os outros a sofrerem.

Abraço em Cristo,Senhor nosso.