segunda-feira, 1 de outubro de 2007


Hoje é o dia da Padroeira das Missões, Santa Teresinha do Menino Jesus. Aqui deixo um poema escrito por ela.


Quereria percorrer a terra
E pregar o Teu nome, Jesus,
Ser Apóstolo em solo infiel
E plantar gloriosa a Tua cruz.

Só o Amor faz agir a Igreja,
Mas se o Amor se viesse a extinguir
Os Apóstolos não anunciariam
Nem os mártires a vida dariam.

Compreendi que o Amor encerra,
Em si mesmo, todas as vocações.
Compreendi que o Amor é tudo,
Que abarca os tempos e os lugares.

Encontrei finalmente o meu lugar
Fostes Vós, ó meu Deus, que mo destes:
No coração da Igreja, miha mãe,
Eu serei Amor!
E assim serei tudo!

3 comentários:

Truman Cipote disse...

Saludos de un cínico a las puertas del infierno.

Me gustó tu blog, tanto que volveré, si las meigas quieren...

suruka disse...

Paz Amizade
união amor fraternidade

Vai dentro da cidade
diz á gente viva em amizade
união e fraternidade
diz ao homem que é capaz
pelo amor e pela paz.

" do
Hino do festival da
canção missionára "
Autor LAURENAO. ( meu amigo )

Fernanda e Poemas disse...

Olá amiga, grata pela tua visita e comentários.
Gostei muito deste cantinho!
Deu-me conforto a sua leitura.
Obrigada!
Beijinhos,
Fernandinha