domingo, 1 de Julho de 2007

"Não pagueis o mal com o mal (Rom 12, 17)

Eis uma recomendação difícil de cumprir, de levar à prática.
Pior, hoje não só se paga o mal com o mal, mas até se paga o bem com... o mal.
Neste comércio em que se transformou a vida, a moeda que mais usamos é o mal, a vingança.
É preciso mudar. É urgente inflectir o rumo. É fundamental alterar o percurso.
Temos de nos habituar a recorrer ao bem, à verdade, ao perdão, ao amor.
Só ele salva. Só ele liberta. Só ele redime.



Esta reflexão faz parte de um livrinho que faz parte da minha mesa de cabeceira, "Dia a Dia com Deus" de José António Pinheiro Teixeira. Em cada dia encontro um apoio à minha oração e, hoje, quero deixar aqui esta oração para e por cada um dos "amantes" de Deus. Que cada um de nós possa ser uma força impulsionadora para inflectir o caminho em direcção ao amor, ao amor de Deus que nos rodeia, que nos salva, nos liberta, nos redime, nos dá a vida.



1 comentário:

Anónimo disse...

Gostei muito desta mensagem, irá me ajudar bastante! Abss..