terça-feira, 3 de julho de 2007

Aceitar e Perdoar

Volta do filho pródigo (São Lucas 15, 11-32)
Jesus aceitou todos como eles eram e ensinou-nos, não só a aceitar os outros, mas também a perdoar:
--Aceitou Pedro, mesmo este tendo-O negado três vezes;
--Perdoou a mulher, mesmo tendo esta cometido adultério;
--Aceitou Natanael, mesmo tendo este dito " Pode vir alguma coisa boa de Nazaré?";
--Perdoou o ladrão, mesmo quando este já estava a ser crucificado;
--Aceitou Tomé, mesmo tendo este dito " Só acredito se ver as suas cicatrizes";
--Pediu perdão ao Pai por aqueles que o mataram.
Ainda hoje, Jesus continua a aceitar-nos como somos e a perdoar-nos. Também nós somos convidados por Ele a fazer o mesmo, em relação a todas as pessoas que nos rodeiam. Aprendamos a viver a Sua mensagem, metendo-a em prática. À luz do Evangelho, "Amemo-nos uns aos outros, como Ele nos amou".

3 comentários:

Klatuu o embuçado disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
elsa nyny disse...

querido Nélson!!
è isso..Amar...todo o resto vem a seguir!!!

beijitos!!!

Maria João disse...

Pois é!

Por isso mesmo nunca consideremos que o nosso próximo é um "caso perdido". Mesmo o pior pecador pode converter-se. Aliás, Jesus tem uma predilecção por quem anda no caminho errado. Afinal, como Ele disse, estes é que precisam de um médico.

E, claro, não esqueçamos que o rosto de Cristo somos todos nós. Como cristãos devemos mostrar Cristo nos nossos gestos e palavras. Assim é que conseguiremos, com a juda do Pai, mostrar o Seu Amor e o caminho que leva realmente à Vida.

beijos em Cristo