segunda-feira, 3 de março de 2008

Um mail recebido, um mail respondido...

Neste fim-de-semana que passou, O Amor de Deus, recebeu um e-mail em desespero de uma irmã em Cristo. É Portuguesa, vive na Alemanha, contruiu uma vida com muita luta e muita força, e criou um filho sozinha durante 12 anos. Depois, num passe de mágica, perdeu o emprego, o carro, o filho que decidiu ir morar com o pai, a casa, os amigos, a comunidade em que se inseria... Num passe de mágica a vida perdeu o rumo...

Actualmente encontra-se em depressão profunda, em desespero... Não sabe o que fazer, não sabe para onde se virar... Fala até em suicidio.

.................



Ana,

Hoje é para si que escrevo... Recebi com todo o carinho e amizade o mail que dirigiu com o maior dos desesperos, aO Amor de Deus. Como tal, apesar de não divulgar o teu mail, julgo que posso divulgar a sua história... Já tive oportunidade de lhe escrever para o email, mas reforço as palavras por aqui, através do espaço que sentiu vontade, necessidade de desabafar.

A situação que nos conta, é de facto algo preocupante... Não posso dizer-lhe que imagino o que passa, o que sofre, porque sei que não é verdade... Existem de facto algumas situações na nossa vida que alteram tudo, e de um dia a nossa vida está virada de pernas para baixo... No entanto, precisa de se acalmar, e tentar sair do desespero para tentar ver as coisas de uma forma mais clara... Pois só assim encontrará uma solução. O desespero e a depressão apenas fazem que veja tudo mais escuro e que continue nessa bola de neve... Quanto ao suicidio, não será solução, apenas uma medida cobarde... E sabe que o suicidio é algo que marca imenso as pessoas, e estou certa que não vai querer que o seu filho viva com essa lembrança da mãe, uma mãe que fez tudo por ele, que lutou sempre... Não é agora que vai baixar os braços!!

Quanto ao trabalho, à solidão, à vinda para Portugal, à sua casa, serão coisas que terá que ir encontrando respostas ao longo do caminho. Tudo depende do seu estado psicológico... Se estiver mal, se continuar a entregar-se ao desespero, continuará sem ter forças para encontrar um trabalho nem para voltar a conquistar os afectos do seu filho... Assim não terá alegria e também nao encontrará esses amigos e esse marido que tanto quer... Por isso vamos lá tomar um banho, lavar a cara, limpar as lagrimas, vestir uma roupa que se sinta confortável, pentear o cabelo e dar um passeio... ao longo dessa caminhada vá abrindo o coração e deixando o sentimento de tristeza para trás. No final, convença-se que tem que voltar a ter forças para lutar, que não bastou o que lutou até aqui, está na hora de voltar a lutar de novo...

Procure saber se existe alguma instituição que a possa ajudar nestes primeiros tempos. Sei que nem sempre é facil procurar ajuda, reconhecer que se precisa, mas é o primeiro passo para dar a volta... Depois é ir seguindo, passo atras de passo...

Sei que isto é muito facil de dizer e tão dificil de fazer. Mas quero que saiba que já não está sozinha, acabou de arranjar vários amigos que farão o possível para a ajudar... Se não conseguirmos fazer muito, de forma concreta, pelo menos terá sempre uma palavra amiga deste lado. Escreva-nos, dê-nos mais informações sobre si, sobre onde mora... Ou então, vá apenas desabafando, que nós vamos ouvindo...

Ficaremos à espera de mais novidades da sua parte...
Estamos aqui...

9 comentários:

joaquim disse...

Rezo por esta irmã e disponibilizo-me para o que for preciso.
Em resposta a um mail da Elsa indiquei um padre que conheço na Alemanha e que julgo poderá ajudar e encaminhar.

Ana
Lembra-te de que Jesus Cristo nos disse:
«Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados» Mt 5,6
Agora tudo parece negro e sem esperança, mas lembra-te de que Jesus Cristo está contigo sempre, porque está sempre com todos sobretudo aqueles que sofrem.
Afirmo-te isto porque já passei por situação semelhante e também me desesperei e foi nEle que encontrei a esperança e a força para recomeçar.
Confia e nós rezamos por ti.

Abraço amigo e forte em Cristo

Carracinha Linda! disse...

Para a Ana,

Todos nós, de uma forma ou de outra, já nos sentimos em profundo desespero. Já todos uma ou outra vez pensámos estar num beco sem saída e sem solução á vista. Não passei pelas situações que descreve, mas já vivi outras que me deixaram á beira do abismo. É preciso não perder a esperança. As coisas vêem e vão. O que agora parece feio e negro há-de ganhar luz e há-de poder ver a sua beleza. Talvez devesse pedir ajuda médica. Nos casos de depressão que levam a pensar em soluções como o suícidio, é sempre uma ajuda a considerar. E isso posso dizer-lhe por experiência própria que vale a pena.

Que Deus lhe dê calma e lhe mostre o seu caminho!

Beijinhos

Fontez disse...

Deus não se esquece de ninguém.
Coragem e fé.
Ana, Coragem e Fé.

mafaoli disse...

Na vida por vezes temos momentos em que pensamos que Deus nos abandonou. Mas é preciso ter fé e confiança pois Deus está ao nosso lado e nos ajuda a seguir em frente.
Ana, tem fé e confiança, pois é em Deus que vais buscar as forças para ultrapassar os maus momentos.
Ana coragem e esperança.
Fico a rezar por ti.

bono_poetry disse...

ola Ana

Os ventos que te sopram desta forma querem uma resposta forte e firme...e quem desabafa como tu o fizeste procura solucoes e sem duvida que lutar e infernizar o destino e a receita ideal...nao te vou prestar depoimentos de outros casos pois tds nos temos sempre algo a testemunhar e tu de certeza que o sabes...quem nos coloca barreiras tem o dom de nos acordar e em estado alerta...a vida deve ser prezada a todo o custo...nao sei se estas em dusseldorf ou perto depois diz qq coisa...existem movimentos sociais que te podem ajudar...vou estar atento e de longe sinto que tds podemos ajudar um pouco!!!o estranho da vida e que ela e tao bela e tao dura e so quem a tem a pode disfrutar!!!nao te esquecas de nos recordar onde estas!!!perto do teu ombro existe sempre algo que te dara forca...basta sorrires a vida...luta luta!!!

Cátia disse...

Ola amigo,

Nao sei como, mas acertaste... A Ana mora em Bonn, relativamente perto de Dusseldorf... Conheces alguma associação la?

Vamos ver o que podemos fazer... Juntos podemos mais que todos n´so sozinhos.

Beijosss

marta disse...

Força Ana!
Não irei dizer muito, apenas que estou certa de que não está sozinha.

Força!

@lberto disse...

Ana,
Jesus sempre nos mostrou como Ele é o Caminho... um caminho nunca isento de dificuldades, de medos, de trevas, mas com a certeza de que Ele é a Luz que brilha para nós...

Confie n'Ele e abandone-se nas Suas mãos... Deus ama-a e isso basta...

Rezo por si... Abraço em Cristo

Ana Pallito disse...

Ana escuta, há um sol chegando, daqui a pouco ele inundara de luz tudo onde antes eram trevas. Vê a natureza, é o mais sábio livro que Deus nos oferece. Onde moras a pouco tempo tudo parecia sem vida, era inverno, agora pode-se ver os primeiros sinais do renascimento em cada cantinho. Assim há de ser contigo querida, a luz se fará. Creia. Conte conosco querida, um abraço.

Ana parceira no nome, solidária na dor