domingo, 29 de março de 2009

FÁTIMA




Num monte,perdido na serra,
Povoado de urzes, azinhos,
Ovelhas e pedras;
Numa aldeia, dispersa,
À volta duma ermida,
Branca e erguida,
Entre o céu e a terra.

No meio da gente, simples,
Que, ali, morava,
Em segredo
E no degredo
Dum país,
Esquecido
E perdido,
No extremo do mundo.

Quando o comunismo,
Do leste, vermelho,
Aturdia, voraz e de medo
Países, viçosos,
Regando-os de sangue
E de guerra
E fazia
Promessas ao mundo,
Duma igualdade e de paz,

A ferro e a fogo,
Sem liberdade….

Veio Alguém,
Do alto e d’além,
Com uma mensagem, de paz,
Do Príncípio do ser,
Para o mundo total,
Traduzida,
Em palavras,
De Mãe!…

P’ra mensageiros,
Não escolheu
Diplomatas, nem cardeais,
Banqueiros ou magnatas,
Missionários ou generais,
Catedráticos e outros que tais…

Da terra inteira,
Lá soube porquê…
P’ra ponto de encontro,
Não escolheu,
À nossa maneira:
Nem Vaticano,
Meca, Nepal
Jerusalém, Paris,
Um santuário hindú,
A praça vermelha
E, muito menos,
A babel da ONU…

Só a azinheira
Dum monte,
Vestido de urzes e rosmaninho;
Três crianças, com nome de gente,
Só p’rà gente da terra;

O céu azul, sempre infinito
E um sol brilhante, de Maio
A iluminar o silêncio da serra…

Foi assim:

Pela Mulher,
Vestida de luz,
Que escolheu, um dia,
Para Mãe de Jesus,
Que o Pai falou,
De conversão e de paz
À humanidade
Que Ele criou,
Para SI,
Livre e eterna…


Joaquim Luís Mendes Gomes

3 comentários:

Dulce disse...

Olá. Chamo-me Dulce, sou de Sines e passei pelo vosso blog por acaso, bem...também por curiosidade pelo vosso sugestivo nome, "O AMOR DE DEUS", base do meu viver.
Através do amor de Deus, tudo faz sentido e tudo muda.
Bem hajam pelo vosso blog cheio de amor.
Eu vou passando. Continuem.
Saudações em Cristo.

ADiniz disse...

Boa Noite!

Vim ver a morada,e sempre que me deparo com pessoas que se utlização do maior ensinamento do legado que nos foi deixado, AMOR,a felicidade toma meu espirito.
Nada Nos Faltara.
Abraços de amorosidade.
A todos.

ADiniz disse...

Gracias a rapida passagem,
voltem com mais calma para um café,
ok?!